Projeto de Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes) com capacidade para 1.000 kg por dia

CÓDIGO - CM-015

Para saber mais sobre este Projeto e Planta Baixa de Como Montar Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes)

Entre em contato por
WhatsApp +55.31.99609.1982

ou Ligue para> 35.3721.4355- fixo
ou Ligue para> 31.99609.1982- celular

Projeto Pronto com as seções:


Recepção de matéria-prima
Estocagem de matéria-prima
Estocagem de embalagens
Sala para fabricação
Sala de embalagem
Estocagem de produtos acabados
Estocagem de produtos em quarentena
Escritórios
Refeitórios
Vestiários

Outros Setores Necessários

O Projeto Pronto de Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes) contém:

1) Projeto Pronto em arquivo DWG (pranchas em formato A0 ou A1), com:
  • Planta Baixa e Layout dos Equipamentos
  • Planta Baixa de Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes)
  • Layout dos Equipamentos
  • Cortes
  • Fachada
  • Planta de Situação das Construções no terreno
  • Planta dos Escritórios, Vestiários, Refeitórios e outros Anexos do Empreendimento
2) Memorial Básico da Construção
3) Lista de Equipamentos Principais
4) Lista de Fornecedores dos Equipamentos Principais
5) Lista de Materiais da Construção e Orçamento da Obra
6) Cronograma Físico-Financeiro da Obra
7) Fluxograma de Produção
8) Projeto em 3D

 

Como Montar uma Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes)  Projeto e Planta Baixa

Outros Serviços:

  • Estudo de Viabilidade Financeira para Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes)
  • Projeto de Financiamento e Plano de Negócios para Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes) no BNDES / FCO / BDMG / FINAME
  • Projeto e Planta Baixa
  • Licenciamento Ambiental de Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes) - Licença Prévia (LP), Licença de Instalação (LI) e Licença de Operação (LO)

Projetos com Outras Capacidades (maiores ou menores)
Como Montar Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes)
Projeto de Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes)
Planta Baixa de Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes)

Projeto Pronto de Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes) com capacidade para 1.000 kg por dia:

Economia de tempo
Receba em poucas horas
Agilidade e atendimento à legislação

Para saber mais preencha o formulário abaixo:

Projeto de Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes) com capacidade para 1.000 kg por dia
ou ligue para> 35.3721.4355(fixo)
ou para>>>>> 31.99609.1982(celular)
ou entre em contato por
WhatsApp +55.31.99609.1982


*

*


*




Como Montar Projeto e Planta Baixa de Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes) com capacidade para 1.000 kg por dia

 

OUTROS PROJETOS PRONTOS:

Como montar Fábrica para Fabricação de Hóstia com capacidade para 2.000 kg/dia.
DWG Fábrica de Biscoito de Vento com capacidade para 2.000 kg/dia.
PDF Fábrica de Bolsas de Couro com capacidade para 5.000 unidades por dia.
Planta Baixa de Fábrica de Biscoito Agri-Doce com capacidade para 300 kg/dia.
Projeto de Fábrica de Tortillas com capacidade para 200 kg/dia.
Projeto de Oficina para Conserto de Tênis com capacidade para 20 pares/dia.
Viabilidade de Loja de Autopeças com capacidade para venda de 100 peças/dia.
Plano de Negócio de Loja para Venda e Aluguel de Cadeira de Rodas com área de 100 m2.
Planta Baixa Fábrica de Sorvete Italiano com capacidade para 1.000 kg/dia.
Como montar Escola de Curso de Pintura com capacidade para 2 classes.

Epatas para Abrir Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes) :

Outros Projetos Prontos:

Planta Baixa de Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes) com capacidade para 1.000 kg por dia

Projeto e Layout de Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes)

DWG Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes)


Montar Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes) em Lagoa Formosa - MG (População estimada 18.037 habitantes)
Alvará Sanitário Lagoa Formosa
Alvará de Funcionamento Lagoa Formosa
AVCB Lagoa Formosa
SIM e VISA Lagoa Formosa (Vigilância Sanitária e Inspeção)

Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes) Padrão SEBRAE

Aprovação no SISBI Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes) (consulte)

Fabrica Shampoo De Carro

Fábrica Para Produtos De Limpeza (detergentes, Amaciantes, Xampu Para Carros, Desinfetantes)

Como Montar Fabrica De Produtos De Limpeza

Como Iniciar Uma Fábrica De Produtos De Limpeza

Montagem De Uma Fabrica De Desinfetante

Planta Fabrica Produtos Limpeza

Como Montar Fabrica De Material De Limpeza

Como Abrir Uma Empresa Xampu

Montar Fabrica De Desinfetante

Projeto Para Fabrica De Material De Limpesa

Modelo De Fábrica Peoduto De Limpeza

Como Montar Uma Fabrica Detergente E Produtos De Linpeza

Como Montar Uma Fabrica De Produto De Limpeza

Lay Out De Fabrica De Produtos De Limpeza

Planta Baixa De Uma Fabrica De Material De Limpeza

Modelo De Lista De Material De Limpeza

Abrir Fabrica De Produtos De Limpezas

Pranta De Industria Para Produto De Linpesa

Gostaria De Montar Uma Cooperativa De Produtos De Limpeza

Fábrica Shampoo De Carro

Montar Fabrica De Desisfetante

Trabalho Academico Sobre Shampoo

Montar Uma Fabrica De Desinfetante

Como Montar Uma Pequena Fabrica De Produtos De Limpeza

Montar Uma Fábrica De Produtos De Limpeza

Fabrica De Embalagem Para Produtos De Limpeza

Como Montar Fabrica De Desinfetante

Modelo De Plano De Trabalho Na Area Da Limpeza

Vendeo Fabrica De Detergentes

Layout De Fabrica De Materiais De Limpeza

COMO MONTAR FABRICA PARA PRODUTOS DE LIMPEZA (DETERGENTES, AMACIANTES, XAMPU PARA CARROS, DESINFETANTES) COM CAPACIDADE PARA 1.000 KG POR DIA

As credenciais de acesso são as mesmas do Sistema de Peticionamento tradicional.

6. Como deve ser feita a comprovação de porte junto à Anvisa?
A comprovação de porte deve ser feita anualmente, seja a empresa de médio, pequeno porte ou microempresa, incluindo farmácias e drogarias, pois o faturamento bruto pode variar.

Somente com o porte atualizado é assegurado à empresa os descontos nas Taxas de Fiscalização de Vigilância Sanitária (TFVS) previstos na legislação.

É necessária a alteração do porte antes do pagamento da Taxa de Fiscalização de Vigilância Sanitária (TFVS), vez que o recolhimento da taxa a maior não gera direito a ressarcimento.



* Comprovação para “Grupo I – Grande”

As grandes empresas (Grupo I), com faturamento superior a R$ 50.000.000,00 (cinquenta milhões de reais), estão dispensadas da comprovação do porte.



* Comprovação para “Grupo II – Grande”, “Grupo III – Média” e “Grupo IV – Média”

Deve ser encaminhado arquivo eletrônico em formato PDF contendo arquivo, que permita a realização de busca textual e cópia, com a Escrituração Contábil Fiscal (ECF) completa (contendo todas as páginas do Relatório de Impressão de Pastas e Fichas) referente ao ano-calendário imediatamente anterior, juntamente com o recibo de entrega A ECF deve ser legível e completa, considerando as informações necessárias para correta classificação do porte econômico.

O envio da documentação acima deverá seguir o prazo estabelecido para comprovação dos Dados Fiscais junto à Receita Federal do Brasil, no exercício.



* Comprovação para Microempresa (ME) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP)

Para comprovação de porte, a microempresa ou empresa de pequeno porte deverá encaminhar à Anvisa o original ou cópia autenticada da Certidão Simplificada atualizada emitida pelo Cartório de Registro de Empresas Mercantis (Junta Comercial) ou Certidão atualizada emitida pelo Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas em que conste a informação de microempresa ou empresa de pequeno porte, atualizadas até 30 de abril de cada exercício.

Importante: A certidão da Junta Comercial emitida eletronicamente é válida para fins de comprovação de porte, uma vez que tal documento possui numeração específica, podendo-se verificar a sua autenticidade por meio de consulta.



* Comprovação para Cooperativa

As cooperativas deverão comprovar o seu porte enviando à Anvisa a mídia eletrônica (CD) contendo arquivo em formato PDF, que permita a realização de busca textual e cópia, com a Escrituração Contábil Fiscal (ECF) completa (contendo todas as páginas do Relatório de Impressão de Pastas e Fichas) referente ao ano-calendário imediatamente anterior, juntamente com o recibo de entrega. A mídia deve estar acompanhada de carta impressa com os dados básicos da empresa (CNPJ, Razão Social e endereço), informando que se trata de comprovação de porte econômico para o exercício. A ECF deve ser legível e completa, considerando as informações necessárias para correta classificação do porte econômico.

O envio da documentação acima deverá seguir o prazo estabelecido para comprovação dos Dados Fiscais junto à Receita Federal do Brasil, no exercício.



* Comprovação para Instituições Filantrópicas/sem fins lucrativos

Aplicam-se as mesmas regras válidas para as demais empresas.

Caso o documento não seja apresentado dentro do prazo constante, a entidade será enquadrada como “Grande Porte – Grupo I”, não sendo cabível qualquer desconto no valor da taxa.



* Empresa em início de atividade

Se a sua empresa está em início de atividade e ainda não obteve o faturamento bruto no exercício anterior, veja os documentos que podem ser apresentados à Anvisa para classificação quanto ao porte:

Microempresa (ME) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP): encaminhar à Anvisa o original ou cópia autenticada da Certidão Simplificada atualizada emitida pelo Cartório de Registro de Empresas Mercantis (Junta Comercial) ou Certidão atualizada emitida pelo Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas em que conste a informação de microempresa ou empresa de pequeno porte.
Importante: a certidão da Junta Comercial emitida eletronicamente é válida para fins de comprovação de porte, uma vez que tal documento possui numeração específica, podendo-se verificar a sua autenticidade por meio de consulta.

Grande e Média Empresas: em início de operação, para usufruir dos descontos e isenções na Taxa de Fiscalização de Vigilância Sanitária, o enquadramento da empresa deve se dar com base no faturamento presumido, enviando à Anvisa declaração registrada em cartório (conforme modelo contido no Anexo III da RDC nº 222 / 2006), obrigando-se a empresa, após um ano de funcionamento, confirmar ou corrigir o respectivo enquadramento.

7. Quais os prazos para comprovação de porte?
Microempresas e empresas de pequeno porte: a comprovação do porte deverá ser encaminhada à Anvisa até o dia 30 de abril de cada exercício;

Grandes e médias Empresas (Grupos II, III e IV): a comprovação do porte deverá ser encaminhada à Anvisa até o prazo estabelecido para cada exercício pela Receita Federal do Brasil.

Cooperativas: a comprovação do porte deverá ser encaminhada à Anvisa até o dia 30 de junho de cada exercício.

8. O que acontece quando a empresa perde o prazo para comprovação de porte?
A empresa que perdeu o prazo para comprovação de porte poderá enviar a documentação à Anvisa. Assim que a Agência receber a documentação, será providenciada a atualização do porte da empresa no sistema.

Contudo, caso a empresa necessite proceder com um peticionamento e pagar uma taxa, é preciso que a comprovação de porte seja feita antes desses procedimentos, para que a Taxa de Fiscalização de Vigilância Sanitária (TFVS) seja gerada no valor adequado ao porte. Isso porque o pagamento do valor em razão da não comprovação do porte não gera direito a ressarcimentos.

9. O que acontece em casos de falta de comprovação de porte?
Caso o porte não seja comprovado dentro dos prazos legais, este será automaticamente alterado para “Grupo I – Grande”, ficando a empresa sujeita ao pagamento de Taxa de Fiscalização de Vigilância Sanitária (TFVS) em seu valor integral, sem direito a posterior ressarcimento, caso seja apresentada a documentação faltante.

10. Como é feita a comprovação do porte de empresa filial?
O porte da filial será o mesmo da matriz, uma vez que no critério de avaliação é considerado o montante faturado pela matriz e suas filiais, já declarados no Imposto de Renda. A comprovação deve ser feita anualmente, informando os números dos CNPJs das filiais em uma carta simples enviada juntamente com a comprovação do porte da matriz da empresa.

O prazo para comprovação do porte da filial é o mesmo para comprovação de porte da matriz.

11. Quem é responsável por alterar o porte da empresa no cadastro da Anvisa?
A alteração do porte só pode ser feita pela própria Anvisa, mediante o recebimento da documentação de comprovação do porte. Por isso, ao se cadastrar a empresa no sistema, não há permissão para que o mesmo seja alterado.

12. Em quanto tempo a Anvisa realiza a alteração do porte da empresa em seus cadastros?
O prazo para alteração do porte da empresa pela Anvisa é de até cinco dias úteis, a contar da data do recebimento da documentação de comprovação, desde que a mesma esteja correta, de acordo com as exigências legais. Logo, a data a ser considerada para início do prazo não é a data da protocolização do documento na Anvisa e, sim, a data de sua entrada na área responsável pela análise.

Na contagem do prazo, exclui-se o dia de início e inclui-se o de vencimento, prorrogando-se o final do prazo para o próximo dia útil, caso o último dia do prazo caia em dia não útil.

13. Como saber se o porte foi alterado?
A consulta à situação do porte da empresa poderá ser feita pelo próprio interessado. Para saber se o porte da empresa já foi atualizado, é necessário que o interessado acesse o Sistema de Cadastramento de Empresas. Na tela inicial do sistema, é preciso verificar o campo “1.5 – Porte”, onde constará o porte da empresa.

14. Quais as razões do porte não ter sido alterado?
Caso a documentação já esteja na área técnica responsável pela análise há mais de cinco dias úteis, é possível que o porte ainda não tenha sido atualizado em razão de insuficiência ou incorreção de documentos.

Entre as razões de o porte não ter sido atualizado, encontram-se as seguintes:

Certidão da Junta Comercial, embora apresentada, não enquadra a empresa nem como Microempresa – ME nem como Empresa de Pequeno Porte – EPP;
Certidão da Junta Comercial desatualizada;
Declaração de Imposto de Renda pessoa jurídica desatualizada;
Comunicação ou Declaração à Junta Comercial desatualizada;
Consulta Optante pelo Simples.

15. Como saber o motivo do porte não ter sido alterado?
Caso já tenha sido analisada a solicitação de alteração de porte pela área competente da Anvisa e o porte tenha permanecido inalterado, a visualização da razão que ensejou a não alteração do porte poderá ser realizada pelo próprio interessado.

Para saber o motivo do porte não ter sido alterado, é necessário que o interessado acesse o Sistema de Cadastramento de Empresas. Na tela inicial do sistema, é preciso verificar o link “Justificativa de Porte Insuficiente”, ao lado do campo “1.5 – Porte”. Ao clicar sobre esse link, o interessado visualizará a razão para o porte não ter sido alterado.

Além de descrever a razão do porte não ter sido alterado, nesse mesmo local, é possível visualizar a documentação necessária a ser encaminhada à Anvisa para que a alteração de porte seja realizada. Essa documentação não poderá ser enviada por e-mail. Ela deve ser protocolizada na Anvisa, assim como foi feito com a primeira tentativa de alteração de porte.

16. A Anvisa aceita certidões com autenticação digital?
A Anvisa aceita certidões com autenticação digital, desde que cumpram os seguintes requisitos:

Enquadramento da empresa como Microempresa (ME) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP);
Certidão emitida no ano vigente;
Certidão simplificada.
Quanto à autenticidade digital, é necessário que a certidão simplificada, emitida em meio eletrônico no site da Junta Comercial, contenha o número do protocolo/código para confirmação da autenticidade no site da Junta Comercial correspondente.

17. Quais as normativas sobre porte de empresa?
Lei Complementar nº 123/2006 – Estabelece normas gerais relativas ao tratamento diferenciado e favorecido a ser dispensado às microempresas e empresas de pequeno porte no âmbito dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.

RDC nº 222/2006 – Dispõe sobre os procedimentos de petição e arrecadação eletrônica no âmbito da Anvisa e de suas Coordenações Estaduais e Municipais de Vigilância Sanitária e dá outras providências.

Lei Complementar nº 139/2011 – Altera dispositivos da Lei Complementar no 123, de 14 de dezembro de 2006, e dá outras providências.

Legalizar Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes)

Abertura da empresa: Contrato Social, Junta Comercial, CNPJ, Inscrição Estadual, Alvará de Funcionamento para Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes)

Passo a Passo para abrir Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes)

Alvará Sanitário de Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes) obtido em um destes órgãos: Vigilância Sanitária Municipal, Secretaria Estadual de Saúde, ANVISA, SIF Serviço de Inspeção Federal, Órgãos Estaduais (IMA, SISP, SIDASC, ADEPARA, ADAB, etc). Este documento é somente para empresas alimentícias ou da área da saúde

Projeto Hidráulico de Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes)

FCO Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes)

Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC) ou HACCP para Fábrica para Produtos de Limpeza (Detergentes, Amaciantes, Xampu para Carros, Desinfetantes)

 

Contatos:

Caso tenha alguma dúvida, entre em contato pelos telefones:

Brasil 35.3721.4355 Outros Países +55.35.3721.4355
Ou pelo WhatsApp:
+55.31.99609.1982